Olá Visitante,

Céu nublado com aguaceiros e tempestades

São Ludgero

29° 15°

Notícias / Geral / Tubarão

Vereador de Tubarão pode ser expulso de partido

A executiva municipal do MDB deve se reunir nesta quarta-feira para, entre outros assuntos, deliberar sobre a permanência ou saída do vereador Douglas Antunes do partido.

Repórter Sul é autor deste post!

Publicado por Repórter Sul em 09/09/19 12h39
0 Comentários

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Vereador de Tubarão pode ser expulso de partidoFoto: Divulgação

A executiva municipal do MDB deve se reunir nesta quarta-feira para, entre outros assuntos, deliberar sobre a permanência ou saída do vereador Douglas Antunes do partido.

Entre os motivos que podem acarretar em uma expulsão, segundo o presidente do MDB de Tubarão, Samuel Silva, está o episódio envolvendo problemas com a emissão de diplomas do Grupo Educacional DMA, empresa que já pertenceu a Douglas, e que segue na Justiça, e ainda algumas atitudes do vereador dentro do partido.


“Na verdade, o MDB não está pedindo a saída do vereador, mas sim alguns emedebistas que, sentindo que o partido possa ser prejudicado, vão entregar hoje para a executiva um pedido de apreciação da Comissão de Ética sobre a possível expulsão do vereador Douglas do partido, por conta destes acontecimentos. Nós, como executiva, passaremos à apreciação da comissão para que, assim, ela possa fazer os questionamentos ao vereador e ele possa também dar suas respostas e fazer sua defesa. E, a partir deste momento, a comissão toma uma decisão referente ao assunto”, explica Samuel.


Paralelo a isso, Samuel diz que hoje a executiva irá entregar um ofício indicando o novo líder da bancada na Câmara de Vereadores, o vereador Evaldo Gonçalves de Campos (Socadinho). “Esta sim é uma decisão da executiva. Por conta destes problemas, tomamos esta posição. Na semana passada, o vereador Douglas se antecipou e pediu a saída da liderança, mas nós daremos continuidade a este processo”, pontua.
O vereador Douglas Antunes não foi encontrado para falar sobre o assunto. O DS ligou várias vezes, mas o telefone estava desligado.

Casos desde 2017


Após denúncias, a Polícia Civil de Tubarão segue com investigação sobre irregularidades na emissão de diplomas de cursos superiores. As acusações são de alunos do Grupo Educacional DMA, vinculado ao vereador tubaronense Douglas Antunes. O primeiro caso foi registrado em 2017, com alunos do curso de Educação Física, conforme o DS publicou na época dos fatos, e, na última semana, outro caso foi denunciado por formados em Pedagogia.

Diário do Sul

Comentários

Olá, deixe seu comentário para Vereador de Tubarão pode ser expulso de partido

Enviando Comentário Fechar :/