Olá Visitante,

Períodos nublados

São Ludgero

30° 13°

Notícias / Geral / COVID-19 / COBERTURA

Testes podem dar falso positivo

Os resultados positivos para coronavírus feitos por testes rápidos estão sendo questionados por algumas pessoas que refizeram o exame e o diagnóstico deu negativo em seguida.

Repórter Sul é autor deste post!

Publicado por Repórter Sul em 11/08/20 08h11
0 Comentários

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Testes podem dar falso positivoFoto: Divulgação

Os resultados positivos para coronavírus feitos por testes rápidos estão sendo questionados por algumas pessoas que refizeram o exame e o diagnóstico deu negativo em seguida. Isso tanto nos testes realizados pelo município quanto em laboratórios particulares. Algumas situações de “falsos positivos” também foram denunciadas nos canais oficiais da prefeitura nos últimos dias.

Uma moradora de Tubarão, que pediu para não ser identificada, diz que fez o teste rápido por exame de sangue em laboratório e o resultado veio positivo, que ela estaria ainda com o vírus ativo, inclusive. Quatro dias depois, ela fez outro exame, desta vez mais detalhado, de sorologia para covid-19, e, para sua surpresa, o resultado veio negativo. “Fiquei sem entender nada, mas mesmo assim mantive o isolamento indicado pelos profissionais de saúde, tendo como base meu primeiro exame”, diz.

Já outra paciente questionou os testes rápidos do município. Ela testou positivo, porém recebeu um dia depois diagnóstico negativo pelo teste de farmácia. “Meu teste deu positivo, mas não tinha nenhum sintoma. Então, para tirar uma contraprova, resolvi fazer o teste de farmácia, que deu negativo”.

Segundo o diretor-presidente da Fundação Municipal de Saúde de Tubarão, Daisson Trevisol, os testes rápidos realizados pela FMS em pacientes positivados para covid-19 e aquelas pessoas que com eles tiveram contato obedecem a um rigoroso sistema de verificação por parte da Agência Nacional de Vigilância Sanitária e Saúde (Anvisa).

Afastamento por segurança

Em Jaguaruna, um outro paciente diz que o teste rápido não testou totalmente positivo, o que indicaria que ele não precisaria mais de isolamento. “Ainda assim, o médico me deu atestado de sete dias de afastamento. Mesmo eu falando que o resultado não era positivo, ele disse que esse era o procedimento padrão”, conta. O secretário de Saúde do município, Márcio Cabral Schmitz Júnior, diz que os atestados com isolamento são dados também como medida de segurança, uma vez que, mesmo já dando negativado, o paciente teve contato com o vírus e ainda pode estar transmitindo.

Exames têm alta sensibilidade

A gerente de Saúde da Fundação Municipal de Saúde de Tubarão, Chaiana Esmeraldino Marcon, explica que sobre os testes rápidos vale ressaltar que, assim como todo exame, eles possuem um percentual de confiabilidade. “Os nossos, aplicados pela FMS, são validados e aprovados pela Anvisa. Gostaríamos de ressaltar, entretanto, que existem alguns casos, um percentual pequeno, com o resultado apontando um falso positivo, e que acontece pelo fato de o teste ser muito sensível; esta é a razão pela qual mantemos o isolamento para todos os casos positivos, mesmo esses que, por ventura, sejam falsos, como medida cautelar”, esclarece.

“Caso a pessoa queira realizar uma contraprova, ela deve buscar o quantitativo de IGG e IGM, que é um teste que vai detectar se existe a presença de anticorpos, ou não, em quantidade, porque aí se efetua um teste de laboratório, e por esse motivo pedimos que as pessoas não façam contraprovas por meio de testes rápidos em outros laboratórios, porque nós garantimos os nossos, que são certificados e liberados pela Anvisa, como explicado”, encerra Chaiana.

 

Explicação da Anvisa

Segundo a Anvisa explica em seu site, testes rápidos positivos indicam que a pessoa teve contato recente com o vírus (IgM) ou que já teve covid-19 e está se recuperando ou já se recuperou (IgG), uma vez que indicam presença de anticorpos. Ainda assim, o teste pode ser positivo indicando que o paciente teve contato com outros coronavírus e não com a covid-19 (falso positivo).

Fonte: Diário do Sul

Comentários

Olá, deixe seu comentário para Testes podem dar falso positivo

Enviando Comentário Fechar :/