Olá Visitante,

Céu nublado com chuva fraca

São Ludgero

31° 21°

Notícias / Geral

Deputados federais do PSL pedem destituição de Executiva

Entre as principais razões para a mudança, os parlamentares relacionam a decisão de Lucas Esmeraldino de nomear uma nova comissão executiva estadual, no final de 2018, sem ouvir as bases do partido, e o fato de estar se distanciando das lideranças municipais.

Repórter Sul é autor deste post!

Publicado por Repórter Sul em 11/01/19 09h43
0 Comentários

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Deputados federais do PSL pedem destituição de ExecutivaFoto: Na foto Lucas Esmeraldino / Candidato ao senado pelo PSL em 2018

Três dos quatro deputados federais eleitos pelo PSL em Santa Catarina pedem ao presidente nacional do partido, Luciano Bivar, a destituição da atual Executiva no Estado, presidida pelo tubaronense Lucas Esmeraldino, secretário do Desenvolvimento Econômico Sustentável do governo.

De acordo com o deputado federal Daniel Freitas, esta não é, de forma alguma, uma decisão contra a pessoa de Lucas Esmeraldino, tampouco contra o governo de Carlos Moisés da Silva. “Queremos apenas reorganizar o partido, que teve um resultado gigante, com um posicionamento incrível no Estado e no país”, pontua.

O deputado afirma que este resultado obtido pelo partido foi fruto do trabalho de muitas mãos, desde a base, militância, os suplentes, os candidatos – eleitos ou não. “Enfim, todos representam o resultado e merecem que sejam ouvidos. E isso não está acontecendo”, diz Daniel Freitas.

Entre as principais razões para a mudança, os parlamentares relacionam a decisão de Lucas Esmeraldino de nomear uma nova comissão executiva estadual, no final de 2018, sem ouvir as bases do partido, e o fato de estar se distanciando das lideranças municipais. 

Daniel Freitas diz que já está sendo conversado com a presidência nacional do partido, e também com a liderança nacional, “que já sinalizou apoio”, afirma. Segundo ele, a destituição da Executiva atual depende apenas da decisão do partido nacionalmente. “O que queremos é colocar uma diretoria executiva provisória, para, depois, em junho ou julho, após muitas conversas com todos os envolvidos, ser escolhida a Executiva oficial e permanente, mas isso com muito diálogo e democraticamente”, diz.

Segundo o deputado, a atual Executiva foi escolhida de forma monocrática por parte de Lucas Esmeraldino. “Não é isso que queremos para o nosso partido. Não quer dizer que não queremos a presença de Lucas ou de qualquer outro integrante da atual diretoria. Mas é uma atitude que precisamos tomar para deixar o nosso partido o melhor para todos. Para isso, precisamos, infelizmente, deste remédio amargo, mas necessário”, avalia. 

Procurada, a assessoria de Lucas Esmeraldino diz que ele está avaliando o melhor momento de se pronunciar. Os deputados estaduais eleitos Alba, Felipe Estevão, Ana Caroline Campagnolo, Jessé Lopes, coronel Mocellin e sargento Lima enviaram nota de apoio a Lucas, “parabenizando pelo trabalho na montagem e construção do partido em Santa Catarina, sendo peça fundamental na vitoriosa eleição ocorrida em 2018”.

 

Requerimento enviado

Em requerimento enviado ao partido, “os parlamentares discordam veementemente da forma como foi “definida” a nova executiva estadual do PSL. No apagar das luzes de 2018, sem critérios, sem diálogo e de forma personalista, os nomes foram escolhidos pelo presidente estadual da sigla, de forma unilateral. Um líder partidário deve dialogar com a base para que disponha de legitimidade e, assim, tenha capacidade de mobilização da militância, de lideranças regionais e de eleitos. Isso não está acontecendo. Muito embora reafirmamos total apoio ao governador Carlos Moisés da Silva, eleito com a maior votação da história de Santa Catarina, os parlamentares não concordam com a exclusão da base das decisões do rumo do PSL catarinense. O grupo entende que os eleitos, suplentes, filiados e militantes precisam estar sintonizados com um projeto partidário claro e abrangente, projeto este que precisa estar sintonizado com o presidente da República, Jair Bolsonaro”, dizem.

Diário do Sul

Comentários

Olá, deixe seu comentário para Deputados federais do PSL pedem destituição de Executiva

Enviando Comentário Fechar :/