Olá Visitante,

Céu limpo

São Ludgero

34° 16°

Colunistas / Coluna do Leitor

A polêmica dos canudinhos

Lançamos nesta quarta - feira, 24, a Coluna do Leitor, que expressa a opinião de diversos leitores do Portal Repórter Sul. São diferentes temas abordados e escritos exclusivamente pelos leitores! Gostou da ideia? Quer escrever no Repórter Sul? Mande seu texto para: contato@reportersul.com.br

Repórter Sul é autor deste post!

Publicado por Repórter Sul em 22/05/19 13h31
0 Comentários

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

A polêmica dos canudinhosFoto: Divulgação

Coluna do Leitor: Henry Roetger Silva

Há um certo tempo se vê uma onda de leis, projetos e todo tipo de legislação proibindo o uso de alguns artigos plásticos e também impondo regras na formulação de outros produtos desse mesmo material.

              A justificativa para tudo isso é compreensível e com toda certeza, justa. A preservação do meio ambiente é algo extremamente necessário para a continuidade da vida no planeta. Não que estejamos à beira de uma extinção por conta disso, porém o ritmo da degradação do meio ambiente é nítida e gera alarme e preocupação.

                Então, os vilões eleitos, ou ao menos, os vilões da vez, são os canudinhos plásticos, que já passaram por reformulação na sua fabricação, tornando – os menos poluentes. Mas uma pergunta que fica no ar é, “será que os culpados pela poluição, são realmente os canudinhos?”.

                Analisando a situação e as justificativas, logo nos vem na cabeça imagens de lugares sujos, com acumulo de lixo, e o principal material que aparece na cabeça, ou pelo menos na minha, são objetos de plástico, como por exemplo a imagem a seguir:

 A polêmica dos canudinhos

                Observando a imagem acima, quantos canudos ou copos descartáveis você encontra? Eu não vi nenhum, quem sabe alguém mais meticuloso e com visão melhor encontre algum, mas o ponto de análise não é esse, mas sim se perguntar, “Se proibirem o uso de canudos e copos plásticos, a imagem acima mudaria?”

                Não que esses itens não gerem algum tipo de poluição, pois obviamente geram, mas note que, são outros itens na imagem que realmente criam a poluição, como garrafas PET, frascos de produtos de limpeza entre outros materiais.

                Ah, então vamos mudar o foco, vamos culpas as garrafas, frascos e outros materiais e deixar os canudos em paz. Sinto lhe informar que esse também não é o caminho, ou você vai me dizer que a proibição de uso de drogas resolveu alguma coisa na sociedade e hoje não temos mais problemas com esse assunto?

                O fato é que, o problema da poluição gerada pelo plástico não está no plástico em si, mas sim em nós mesmos, pois, se você usar o canudo, o copo, a garrafa PET ou qualquer outro item e descarta-lo de forma correta, essa imagem tem muito mais chances de ser resolvido, do que proibindo a utilização de um item ou outro qualquer.

                Temos que pôr as mãos em nossas consciências e pensar, poxa, a culpa é minha, é nossa, é de todos. São nossas atitudes que degradam nosso planeta. E esse tipo de problema se resolve é em casa, educando nossos filhos, mostrando o que é correto a se fazer e até mesmo na rua, quando se vê algo errado, tentar corrigir, tentar conscientizar o próximo, tentar fazer os demais enxergarem as coisas de uma forma diferente.

                Além de salvar o planeta, pensando dessa forma, já imaginaram quanto empregos podemos salvar apenas na nossa cidade? Quantas vidas salvamos na natureza? Quantos novos empregos gerados na indústria de reciclagem ao destinar corretamente o lixo?

                O ser humano hoje pensa muito individualmente e não percebe que, quando pensa em ajudar o próximo, quando pensa no coletivo, pode melhorar a sua própria vida e a de muitas outras pessoas.

Por Henry Roetger Silva

Comentários

Olá, deixe seu comentário para A polêmica dos canudinhos

Enviando Comentário Fechar :/