Olá Visitante,

Períodos nublados com aguaceiros e tempestades

São Ludgero

40° 22°

Notícias / Geral / São Ludgero

A felicidade de Dona Emília, 72 anos, ao entrar na casa nova construída há várias mãos

Ainda existem muitas pessoas do bem e que tem amor ao próximo

Repórter  Sul é autor deste post!

Publicado por Repórter Sul em 14/09/18 17h26
0 Comentários

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

A felicidade de Dona Emília, 72 anos, ao entrar na casa nova construída há várias mãosFoto: Bertoldo Kirchner Weber

Ainda existem muitas pessoas do bem e que tem amor ao próximo. Em menos de 60 dias a aposentada Emília Leandro, 72 anos, residente no bairro Bela Vista, rua Germano Gesing, em São Ludgero, saiu de uma casa tomada por cupins, prestes a cair, para uma casa nova construída graças ao esforço de várias mãos que se sensibilizaram com sua situação.

        O que de fato fez a aposentada Emília realizar o sonho da casa nova não foi a situação que a casa se encontrava e sim o fato dela ser uma pessoa do bem, que ao longo da sua vida respeitou as pessoas, soube viver em sociedade, exerceu seu trabalho como doméstica com muita dedicação e sempre preservou a honestidade. O sonho de Dona Emília, carinhosamente chamada por todos, começou a se tornar realidade quando o prefeito Ibaneis Lembeck, o Iba, assumiu a Administração Municipal de São Ludgero e se reuniu pela primeira vez com o Secretário de Assistência Social e Habitação, Valcemir Villani. O prefeito Iba pediu que fosse verificada a situação da casa de Dona Emília. Confirmando o comprometimento da moradia e sabendo do limite financeiro público determinado pela legislação, o Secretário Villani começou a manter contato com algumas pessoas e empresas da comunidade que estavam dispostas a oportunizar mais qualidade de vida a uma pessoa merecedora pelo ser humano que é. Os apoios financeiros iniciaram e, numa ação conjunta com total transparência na utilização dos recursos, aproveitando bem cada centavo, em um período de 60 dias a pequena casa tomada por cupins foi substituída por uma nova de madeira tratada, pintada, com energia, água e esgoto.

    A nova residência da aposentada possui 30 metros quadrados, um quarto, uma sala, cozinha, área de lavanderia e um banheiro. Durante a entrevista ela se emocionou e conta que é natural do município vizinho Braço do Norte e que há mais de 40 anos reside em São Ludgero. “Eu adoro morar em São Ludgero e estou muito feliz. Minha casinha ia cair. Minha gratidão é enorme a todos que ajudaram a construir a casa nova, que ficou linda, e cuidarei com muito amor”, declara.

     O Secretário de Assistência Social e Habitação, Valcemir Villani, informa que provavelmente na próxima semana será agendado um dia para o ato de entrega oficial da casa, juntamente, com a presença de todos os parceiros. O prefeito Ibaneis Lembeck, o Iba, sobre a ação diz que a Administração Municipal foi além das suas limitações financeiras. “O carinho da comunidade com Dona Emília fez muitas pessoas abraçarem com força a proposta da nova casa. Ela é merecedora e só temos é que agradecer a todos os parceiros”, reforça o prefeito. O prefeito Iba aproveita para fazer referência positiva aos vereadores que aprovaram a lei que regulamenta a possibilidade de benefícios eventuais na Política de Assistência Social. “A soma de esforços resultou em mais dignidade”, concluiu.

Saiba quem contribuiu para a construção da casa nova de Dona Emília:

- Administração Municipal de São Ludgero

- Agnaldo Pereira

- Buss Terraplanagem

- Nino Bancas

- Francisco Niehues Neto

- JÁ Instalações Elétricas

- Esquadrias Sizenando

- Eletrocel

- Tigre Center

- Size Materiais de Construção

- Lebre Móveis

- Cláudio Silva Pintor

- Ivo Kemper Construtor

*Lembrando que alguns apoiadores preferiram não ter os nomes divulgados.

Comentários

Olá, deixe seu comentário para A felicidade de Dona Emília, 72 anos, ao entrar na casa nova construída há várias mãos

Enviando Comentário Fechar :/