Publicidade

Danilo Niehues após 32 anos na presidência da Cegero decide não disputar mais eleição



Danilo Niehues após 32 anos na presidência da Cegero decide não disputar mais eleição
Foto: Divulgação

"Estou feliz por tudo que foi possível construir em mais de três décadas com os sócios, funcionários, conselheiros e membros das diretorias". Com esta declaração o atual presidente da Cooperativa de Eletricidade de São Ludgero (Cegero), Danilo Niehues, aos 83 anos de idade e quase 33 anos como presidente, decidiu com o apoio da família, encerrar sua atuação como representante do sistema cooperativista não disputando a eleição que acontece no mês março.

        A primeira vez que Danilo Niehues assumiu a presidência da Cegero foi em 24 de março de 1979, permanecendo no cargo até 27 de novembro de 1982. Depois, retornou ao cargo de presidente em 26 de março de 1988 e de lá para cá seguiu firme conduzindo os trabalhos.

        Ao falar sobre o crescimento da Cegero, em sua área de abrangência, ele recorda das inúmeras dificuldades como falta de dinheiro, materiais diversos, veículos e equipamentos. Lembra, também, que além das grandes dificuldades era preciso motivação para seguir em frente e fazer com que os sócios acreditassem que dias melhores chegariam. Danilo conta que, por muitas vezes, a Cooperativa dependia do apoio do Governo Estadual através da Erusc (Empresa de Eletrificação Rural de Santa Catarina) para conseguir realizar ampliação de redes. Cita que as famílias além de ajudarem nas instalações, ansiosas pela chegada da energia elétrica, faziam doações de postes de madeira. "E, foi assim com o esforço conjunto de todos que fomos construindo nossa Cegero", declara.

        Com uma alegria imensa o presidente diz que deixará a presidência da Cooperativa de Eletricidade de São Ludgero (Cegero), no dia 18 de março, cumprindo com suas obrigações, entre elas, de zelar pelo patrimônio conquistado ao longo dos anos. "Entrego a Cegero com uma situação financeira tranquila, preparada para atender o crescimento residencial e industrial, as contas rigorosamente em dia, uma estrutura nova toda equipada, frota de veículos em ótimo estado e ainda deixando um legado de contribuições sociais junto a entidades e associações", ressalta.

         Danilo Niehues encerra sua trajetória com a Cooperativa distribuindo energia de qualidade, praticando um dos mais baixos preços de energia elétrica de Santa Catarina e do Brasil, utilizando as mais modernas tecnologias e com um tempo resposta no atendimento aos sócios/consumidores que a coloca em alto nível de eficiência. Além disso, deixa uma estrutura de redes em ótimo estado, uma subestação oportunizando tranquilidade em relação a qualidade da energia elétrica distribuída e garantindo o desenvolvimento territorial por muitos anos.

        Outra marca da Cegero que é orgulho para Danilo Niehues são os fortes investimentos sociais, através do Fates (Fundo de Assistência Técnica Educacional e Social). Ao longo dos anos foram inúmeras entidades e associações beneficiadas, como exemplo a Rede Feminina de Combate ao Câncer, Apae, Hospital Santa Teresinha, Unidade Básica Central Sanitária (Pronto Atendimento), Escolas, Creches, Grupo dos Idosos, pessoas com deficiência, investimento em pavimentações, compra de caminhão totalmente equipado para o Corpo de Bombeiros, viatura para a Polícia Militar, Aparelho de Raio-X para a Secretaria de Saúde, auxílio na decoração natalina, participação nas instalações das câmaras de segurança etc...

      Humildade, honestidade e seriedade são palavras que acompanham as mais de três décadas de Danilo Niehues na presidência. A porta da Cegero sempre esteve aberta e ele fez questão de atender todos os associados e não associados prontamente em seu gabinete quando procurado. "Como presidente sempre defendi o patrimônio construído e as decisões foram pensando nos benefícios aos sócios. Aproveito para agradecer os membros das diretorias, conselhos, funcionários e sócios por ajudarem na construção de uma Cooperativa que orgulha a todos", resumiu.

       A Assembleia Geral Ordinária será realizada no dia 18 de março, e, entre os itens da Ordem do Dia, consta o processo eleitoral para escolha do novo presidente, vice-presidente, secretário, membros dos Conselhos Administrativo e Fiscal, bem como os cargos de delegados junto à Fecoerusc. O prazo final para inscrições de chapas encerra às 17 horas do dia 3 de março.