Publicidade

Avião que promete rota Brasil-EUA em 4 horas fará primeiro voo



Avião que promete rota Brasil-EUA em 4 horas fará primeiro voo
Foto: Divulgação

A empresa Spike Aerospace, que busca construir um avião capaz de viajar entre o Brasil e os Estados Unidos em cerca de 4 horas, fará seu primeiro teste de voo neste fim de semana. A companhia vai avaliar o desempenho de um protótipo do seu projeto de jato executivo supersônico, que sobrevoará a região de Boston. Esta aeronave tem tamanho menor do que o modelo que a empresa pretende lançar comercialmente em 2021.

A Spike Aerospace tem como objetivo desenvolver um avião capaz de voar em velocidades maiores do que as de hoje para diminuir em quase metade o tempo de voo. Dessa forma, uma viagem entre Nova York e São Paulo teria duração aproximada de 4h30 horas. Hoje, esse trajeto em voo comercial costuma durar pouco menos de 10 horas.

“Imagine viagens Nova York-Londres em um dia. Saia de Nova York às 7h (horário local), chegue em Londres às 16h (horário londrino). Tenha um jantar de negócios, saia às 21h (Londres). Esteja em casa às 18h (de NY). Uma excursão através do Atlântico é só mais um dia no escritório. Sem necessidade de passar a noite fora”, promete a companhia.

O teste definitivo do modelo está planejado para 2020. Um dos problemas que a empresa tenta solucionar até lá é o barulho criado quando se voa em velocidades superiores à do som – também conhecida como Mach 1 (1,225 quilômetros por hora). O fenômeno, conhecido como sonic boom, fez com que as aeronaves Concorde só pudessem atingir velocidade supersônica quando estavam sobre o oceano. O S-512 pretende chegar a Mach 1,6 (1.770 quilômetros por hora).

Outro desafio é o alto gasto de combustível, motivo pelo qual o Concorde foi aposentado em 2003. Segundo a Spike Aerospace, seu jato, para entre 12 e 18 passageiros, só gastará 16% a mais de querosene de aviação.

Fonte: Veja.com